Botafogo completa quarenta e quatro anos

Partilhar com amigos

O Botafogo, único que já deu a ilha do Fogo o título de Campeão Nacional de Futebol no escalão sénior, completou hoje (13) quarenta e quatro anos.

Um dos momentos mais altos do clube aconteceu em 1980, quando foi ao Estádio da Fontinha derrotar o poderoso Mindelense na final, por 2 a 1 após prolongamento, com golos de Ramiro e Balalam e sagrar-se campeão da República da Cabo Verde.

A célebre equipa do título que foi comandada pelo treinador Rolando Barber (Senhor Zuca), foi composta da seguinte forma: Djudjuca (Gr); Maruca, Balalam, Loloti e Palapa; Totinho, Nelo [Cap] e Contche; Djedjé (Godinho, 42′), Papá e Ramiro (Eugénio, 75′)

Uma das maiores potências após a Independência, o segundo clube a levantar o troféu mais importante do futebol cabo-verdiano ficou na época com um gosto amargo na boca por não lhe ter sido permitido decidir nenhum dos títulos diante de seu publico, principalmente a de 81 que perdeu. As finais naquele período só aconteciam na Várzea e na Fontinha.

Em 1978 foi impedido de disputar a segunda final para o qual apurou como Campeão de Sotavento, após deixar para trás o Sporting da Praia.

Um telefonema e a suspensão das passagens devido a um protesto dos Leões da Capital não deixou a equipa viajar para a Capital e disputar a 1ª Mão da final contra o Mindelense. Até hoje o caso não teve solução.

No futebol foguense, o clube inspirado no emblema brasileiro, Botafogo de Jairzinho é o Rei dos Títulos Regionais, já conquistou dezaseis.

Partilhar com amigos

Comentários

comentarios

Attachment

Leave a Comment

(required)

(required)

13 − three =