Ponta de Lança Tchiduca deixou-nos para sempre

Ponta de Lança Tchiduca deixou-nos para sempre

Partilhar com amigos

Foi enterrado ontem (17 de Janeiro ) o antigo ponta de lança Tchiduca – Alcídio Crispiniano Lima Rodrigues, nascido na Ilha da Boa Vista, no dia 25 de outubro de 1958.

Com apenas 13 anos, estreou pela Académica e Operária da Boa Vista, único clube federado que representou. Ele dizia que era o único no País a estrear nos seniores com essa idade.

Tchiduca ficou célebre ao marcar de grande penalidade, o golo da vitória da Micá de Bubista no Estádio da Várzea que eliminou o Boavista da Praia, nas meias-finais do Campeonato Nacional de 1983. Este era seu golo inesquecível.

 O Sportsmídia sabe que na final, ele, Tone que também já não faz parte do mundo dos vivos, Xana, Djoblas, Piduca, Butche, Trona, Maginho, Finha, Reis, Boni, Cacói, Djonsa, Niba, Lone e Lota, derrotaram o Derby por 2 a 0 e deram o 1º Título do Nacional á Ilha da Boa Vista.

Comandados pelo treinador Euclides Costa (Caquito), entraram para a história como a única equipa a ganhar o Nacional, sem jogar uma única partida em casa.

Também, Tchiduca representou a Boa Vista, nos Torneios Inter Ilhas, São Vicente 1985 e Santiago 1989, onde perderam na final por 2 a 1 contra os donos da casa.

Ele tinha como ídolos o portugues Humberto Coelho e os cabo-verdianos Armandinho Soares de São Vicente, o falecido irmão Tanche e ainda os cabreres, Lota e Cars de Cá Nha Antoninha.

SPORTSMÍDIA

Partilhar com amigos

Comentários

comentarios

Attachment

Leave a Comment

(required)

(required)

thirteen − five =