Cabo Verde no Grupo A mede forças hoje às 18,00 horas com a Etiópia

Cabo Verde no Grupo A mede forças hoje às 18,00 horas com a Etiópia

Partilhar com amigos

A 33.ª edição do Campeonato Africano das Nações (CAN) arranca este domingo, e vai decorrer de 9 de Janeiro a 6 de Fevereiro nos Camarões, para além dos problemas relacionados com a pandemia de Covid-19 e com resistência dos clubes europeus em ceder jogadores, tudo se conjuga para o arranque desta prova continental, que vai contar com apenas duas selecções lusófonas Cabo Verde e Guiné-Bissau e dois treinadores portugueses Carlos Queiróz (Egipto) e António Conceição (Camarões).

Cabo Verde com o slogan ” 10 Ilhas 1 Nação 1 Sonho), entra campo para medir forças com a Etiópia às 18,00 horas no Estádio Olembé, na capital camaronesa.
O Sportsmídia apresenta o calendário de Cabo Verde no Grupo A e respectivo horário:
Grupo A
Estádio Olembé- Yaoundé
9 de Janeiro
1ª Jornada
18,00 Horas
Etiópia- Cabo Verde
13 de Janeiro
2ª Jornada
18,00 Horas
Cabo Verde- Burkina Faso
17 Janeiro
3ª Jornada
15,00 horas
Cabo Verde- Camarões
A Televisão de Cabo Verde (TCV), já anunciou que vai transmitir todos os jogos do Campeonato Africano das Nações em directo.
Devido aos contratempos que foram surgindo, infecções por Covid-19, prova disso o seleccionador nacional não vai estar no banco esta tarde no jogo inaugural dos Tubarões Azuis, algumas lesões “Bubista” foi obrigado a chamar o avançado Vagner Dias para substituir Djaninny que se lesionou durante o treino do passado dia 02 de janeiro. Vagner deve ter chegar ontem, sábado, a Yaoundé, Camarões.

A alteração na lista é permitida a todas as seleções quando um jogador tem uma lesão que impeça a sua participação no CAN, até 24h antes do seu primeiro jogo e, perante o relatório médico, o Comité Médico da CAF avalia e decide se o pedido de substituição é aceite ou não.

A grande novidade é a  árbitra Ruandesa Salima Mukansanga que vai se tornar na primeira mulher a arbitrar numa Taça das Nações Africanas.

Sonhar não é proibido. Proibido é não sonhar. Os jogadores acreditam.

SPORTSMÍDIA

 

Partilhar com amigos

Comentários

comentarios

Attachment

Leave a Comment

(required)

(required)

seventeen − nine =