África do Sul e Senegal repetem jogo do grupo de Cabo Verde

Partilhar com amigos

África do Sul e Senegal voltam a campo hoje (10) para repetirem o jogo da 2ª Jornada do Grupo D de apuramento para o Mundial, Rússia 2018, em que os sul-africanos venceram por 2 a 1.

A partida realizada no dia 12 de novembro de 2016, no Estádio Peter Mokaba foi anulada pela FIFA, por suposta manipulação do resultado pelo árbitro.

Os senegaleses alegaram que o árbitro ganês Joseph Lamptey marcou uma grande penalidade inexistente que resultou no primeiro golo marcado pelo sul-africano Haltshwayo. Lamptey acabou irradiado da arbitragem e a África do Sul foi indemnizada em mais de trezentos mil euros.

Na época em que a decisão do orgão máximo que gere o futebol veio a publico, em declarações ao SportsMídia, o antigo árbitro internacional Manuel Duarte considerou a repetição da partida um precedente muito perigoso porque segundo ele contradiz as leis do jogo.

Duarte explicou que no caso o árbitro cometeu um tipo de erro que não têm apelo. “A grande penalidade que ele marcou não existiu. Ali é um erro de análise, não dá para repetir o jogo. Ele [Lamptey] pode ser castigado mas não é alterado o que foi materializado no jogo”, explicou.

A repetição do jogo poderá alterar a classificação do Grupo D que é liderado por Senegal com 8 pontos, seguido por Burkina Faso e Cabo Verde com 6 e África do Sul com 4.

Partilhar com amigos

Comentários

comentarios

Attachment

Leave a Comment

(required)

(required)

four + eleven =