Os Tubarões Azuis há sete anos regressavam da CAN

Os Tubarões Azuis há sete anos regressavam da CAN

Partilhar com amigos

A garra dos Tubarões Azuis contagiou todo o país que nessa ocasião estava praticamente pintado de azul.

Muitas vozes diziam que, desde 5 de julho de 1975, data da independência nacional, não se via todo o país unido pela mesma causa.

Os Tubarões Azuis eliminaram os Palancas Negras, a seleção angolana de futebol, por 2-1, e chegavam aos quartos de final.

Embalados pela euforia, os cabo-verdianos não pensavam noutro resultado que não fosse a vitória, frente a poderosíssima Selecção Nacional do Gana, mas os ganeses venceram por duas bolas a zero, com o guarda-redes ganês a fazer uma exibição soberba.

Estreante no CAN 2013, Cabo Verde foi a equipa sensação, tendo deixado pelo caminho equipas como Marrocos e Angola, habituadas a estarem presentes nessa competição continental, terminando a primeira fase da prova com os mesmos pontos que a anfitriã África do Sul, que empatou na estreia.

O Sportsmídia sabe que ” Os Tubarões Azuis”, a seleção cabo-verdiana de futebol jogou com a Nigéria, em Portugal, com vista à preparação para o Campeonato de África das Nações, que arrancava no dia 19 de Janeiro de 2013, na África do Sul.

Apesar de algumas dificuldades financeiras,  a cinco dias antes do início da competição continental, a seleção cabo-verdiana de futebol conseguiu apenas cerca de 20% do montante de 671 mil euros, orçamentado para participar na prova.

A falta de dinheiro também levou a uma campanha de financiamento junto à população do arquipélago, que acabou por ser recompensada pela excelente prestação da Selecção Nacional de Futebol, na altura orientada pelo treinador Lúcio Antunes.

A classificação inédita de Cabo Verde ganhou destaque mundial na altura, incluindo a imprensa alemã, que definiu a qualificação para o CAN 2013, como ” sucesso do século”.

SPORTSMÍDIA

Partilhar com amigos

Comentários

comentarios

Attachment

Leave a Comment

(required)

(required)

19 − 3 =