Nery o antigo craque do futebol cabo-verdiano deixou-nos para sempre

Nery o antigo craque do futebol cabo-verdiano deixou-nos para sempre

Partilhar com amigos

Essa notícia me deixou muito triste. Vou escrevê-la na primeira pessoa, porque fui um felizardo, em ter jogado ao lado dele e do Silva, que na altura era militar aqui em São Vicente, para além, de outros grandes craques que militavam naquela nossa Micá, época 73/74.
Na vida futebolística de qualquer um, jogar ao lado de um senhor jogador de futebol, chamado Lucio Nery Fernandes, mais conhecido por Nery, não era para qualquer um.
Faleceu esta noite em Portugal, o antigo grande jogador da equipa da Académica da Praia, do Mindelo e do Clube Sportivo Casilho Nery, que foi campeão nacional frente ao Vitória Futebol da Praia, e, foi ele o marcador do único golo do jogo.
Independentemente, de ser meu colega de equipa, eu adorava Nery a jogar futebol, parando nos treinos a admirá-lo, lembrando-me agora a forma como saltava e trazia a bola colada no seu pé direito ou esquerdo, para ele era indiferente, pois, tinha uma técnica apurada e como corria que nem uma gazela magra, brincando sempre, dizia-lhe  tu não tens osso rapaz, a forma como dobrava para driblar os adversários.
Caros leitores imaginem eu (Lulu Cardoso da Silva) ao lado de um dos melhores jogadores de Cabo Verde, a receber os seus ensinamentos, a dizer-me como eu devia colocar em campo e falar para mim, ó “rapazim” num bom crioulo da Praia, joga como se estivesses a treinar.
Nery era um jogador enorme, jogava futebol por prazer, pois, tinha um sorriso contagiante, queria ter sempre a bola nos pés, e, gostava dos grandes jogos, talvez devido a sua grande experiência, era um regalo vê-lo com a bola nos pés.
Foi um dos grandes jogadores da Académica da Praia onde jogou ao lado dos craques como Nhartanga, Luís Bastos , Oscar (na foto como capitão de equipa), entre outros, em Mindelo com Alberto Leite, Amizade, Amado, Carlos Tets, Eugénio guarda-redes, Gil, Eduino, Lepo, Rufino, Gil, Tchoy, Silva, comigo entre outros, e, no Castilho onde foi campeão de Cabo Verde equipa na altura treinada por Jorge Maurício Chantre, conhecido por Jorge do Tribunal, jogando ao lado do Luís Canela, Lúcio, Teobaldo, John Cristina, Porfírio, John Bená, Tidó, John Júlia, Noni, entre outros, defrontando na altura o Vitória Clube da Praia, que lembro de três jogadores, Lepo, Panei e Perdigão.
Como disse o meu amigo jornalista Valdir Alves, ele espalhou o perfume do seu futebol por onde passava, nomeadamente, na Praia e aqui em S. Vicente.
 O Sportsmídia apresenta a família enlutada, as minhas mais sentidas condolências, particularmente, aos meus colegas Miloy e Lucy, e, ainda Nutcha e Didó.
Cabo Verde perdeu hoje um dos seus melhores jogadores, que entusiasmou várias gerações, e, eu serei eternamente grato, por tudo aquilo que me ensinaste. Obrigado Nery. Que a tua alma repouse em paz.
SPORTSMÍDIA 

Partilhar com amigos

Comentários

comentarios

Attachment

Leave a Comment

(required)

(required)

12 − 6 =