Mesmo sem apoio Topad tem orgulho em representar Cabo Verde

Partilhar com amigos

O navegador solitário António Cruz (Topad) tem estado a aproveitar a sua experiência para transmitir conhecimentos a jovens que querem ser velejadores.

Topad atualmente reside em Geneve ma Suiça tem no seu vasto currículo, trinta e cinco travessias do Atlântico em iate de alta competição.

Numa dessas travessias, França – Brasil, o velejador passou vinte e cinco dias no mar, teve um grave acidente devido a quebra de um mastro e foi socorrido no meio do oceano.

Este acidente que deixou-lhe sem água e sem comida por uns dias quase o afastou da sua paixão pela navegação principalmente devido ao nascimento de suas filhas gémeas.

Em declarações ao SportsMídia, ele que é patrocinado por franceses disse que apesar de não ter apoio Cabo Verde, participa em competições com a bandeira do País porque tem orgulho de ser cabo-verdiano.

A paixão começou bem cedo, ainda criança no Cais da Alfândega em São Vicente sua ilha natal. Ainda adolescente, com apenas treze anos fugiu num iate para Martinica onde passou boa parte da sua vida. Atualmente Topad é empresário.

Partilhar com amigos

Comentários

comentarios

Attachment

Leave a Comment

(required)

(required)

5 × 4 =