Mané Trovoada seleccionador nacional de basquetebol ministra formação em São Tomé e Príncipe

Mané Trovoada seleccionador nacional de basquetebol ministra formação em São Tomé e Príncipe

Partilhar com amigos

O Basquetebol 3X3 (pronunciado 3 por 3), e, anteriormente conhecido como Fiba 33, é uma versão formalizada do basquetebol de três por três.

É uma variante do basquetebol desenvolvida em campos extensivo de asfalto nas grandes cidades, e, mais de 250 milhões de jogadores por todo o mundo e está entre os desportos recreativos mais jogados no mundo. O 3X3 tornou-se um motor essencial do desenvolvimento do basquetebol.

Essa modalidade vai ser implementada nos Jogos de CPLP em 2018, que se realizam em São Tomé e Príncipe país dessa comunidade, que acontece de 21 a 28 de Julho deste ano, que tem como novidades, os primeiros a serem realizados em São Tomé e Príncipe, vai ficar de fora o andebol, uma modalidade que está em franco desenvolvimento nos países que falam português mais a Guiné Equatorial, vai receber 78 representantes de cada Estado membro da CPLP, ou seja, de 690 pessoas de acordo com a organização.

Esse país tentando fazer os melhores XI Jogos Juvenis da CPLP, pediu a colaboração de Cabo Verde e o seleccionador nacional de basquetebol, Mané Trovoada está em São Tomé e Príncipe desde o dia 4 de Junho a ministrar uma formação dirigida para treinadores, atletas e árbitros sobre regras do 3X3, que será jogado nos Jogos da CPLP, tendo aproveitado para fazer reciclagem aos treinadores e trabalhar com atletas.

O basquetebol que se pratica em São Tomé e Príncipe, existe uma grande diferença ao que se pratica em Cabo Verde, pois, há aqui mais competição, treinadores e equipas, e, foi adiantando que existem talentos, mas é necessário formar técnicos para explorá-los.

Segundo o técnico Mané a grande característica dos atletas santomenses são atléticos e fortes fisicamente, mas paradoxalmente, não gostam de preparação física e trabalhar a técnica individual, para melhorar os seus argumentos durante o jogo.

O Sportsmídia sabe que são 4 horas diárias de formação, 1,30 parte técnica e 2,30 horas prática e frequentam a formação 6 treinadores e 5 árbitros.

O Andebol infelizmente fica de fora porque não há infraestrutura para tal e as modalidades inscritas na XI Edição dos Jogos Juvenis da CPLP são: voleibol de praia, basquetebol de rua (3X3), atletismo, taekwondo e atletismo PPD.

SPORTSMÍDIA     

Partilhar com amigos

Comentários

comentarios

Leave a Comment

(required)

(required)

eighteen + 17 =