Mané seleccionador nacional de basquetebol é um predestinado

Mané seleccionador nacional de basquetebol é um predestinado

Partilhar com amigos

O basquetebol é jogado por duas equipas, cada uma composta por 5 jogadores e 7 suplentes.

O objectivo é encestar a bola no cesto elevado da equipa adversária, evitando que a bola entre no seu próprio cesto. O jogo é composto por 4 períodos de tempo, cada um com 10 minutos.

Emanuel Trovoada, Mané, é o actual seleccionador nacional de basquetebol nasceu em Benguela-Angola no ano de 1966. Começou a jogar basquetebol aos 6 anos, daí ser considerado um predestinado, no Sporting Clube de Benguela até aos 14 anos onde foi estudar para São Tomé e Princípie terra natal do seu Pai, e, aos 16 anos foi para Portugal jogar no Sporting Lisboa e Benfica onde sagrou-se campeão nacional de Juniores, e, depois foi emprestado ao Sporting Figueirense e Ginásio Figueirense na Figueira da Foz, onde aproveitou para tirar o Nível 1 de treinador e orientou equipas de mini baskett e iniciados do Sporting, Figueirense passado 3 anos regressou à Lisboa e jogou no Campolide, Atneu e Inter Baskett sempre a espera da nacionalidade portuguesa.

Entretanto, por motivo de uma lesão grave, Mané, abandonou e foi treinar as equipas universitárias de Farmácia e Letras onde ganhou o Campeonato Nacional e o torneio internacional universitário em Paris-França, depois foi para treinador das Faculdades UAL masculino e Medicina feminino, sendo o primeiro treinador a ganhar um título por Lisboa que lhe levou como treinador adjunto da selecção Portuguesa Universitária nos Jogos de Bejin-China, depois foi técnico adjunto o Santarém feminino e foram 3 anos magníficos, 2 Campeonatos Nacionais, 3 Taças de Portugal e 2 Supertaças e ao mesmo tempo era treinador dos estudantes cabo-verdianos em Lisboa onde ganhou todos os títulos que entusiasmou o presidente da Federação Cabo-Verdiana de Basquetebol na época Augusto Veiga, que o convidou para ser adjunto de Claude Constantino em Angola, mas no meio da competição por problemas de saúde do técnico principal, Mané teve que assumir o comando do combinado crioulo e foi coadjuvado na altura pelo técnico José Eduardo dos Santos, em 2002 levou a nossa selecção ao Mundialito de Praia em Portugal onde sagrou-se campeão mundial dessa modalidade.

Em 2003 esse técnico veio viver em Cabo Verde onde em 2006 e nesse ano o país ficou em 3º lugar nos Jogos da Lusofonia de Macau e no ano seguinte em 2007 medalha de bronze no Afrobaskett em Angola e com direito a participação no Pré-Olímpico de Atenas-Grécia, em 2008 deixou o cargo que ocupava para ir treinar e coordenar o projecto da Huila-Angola filial do 1º de Agosto, ficando em 5º e 6º lugares em apenas 2 anos.

Depois seguiu para Benguela e foi trabalhar  no seu clube de formação e treinando os Sub-23 onde se sagrou também campeão nacional e no ano seguinte foram campeões nacionais da 2ª Divisão e subiram a Liga Profissional no 3º ano, onde ficaram em 5º lugar e onde dois atletas cabo-verdianos Sekou Condé e Adi Tmac, tiveram excelentes prestações, tendo esse brilharete levado esse técnico a selecção sénior de Angola como treinador adjunto para o Pré- Olímpico em caracas Venezuela, treinador principal da selecção sénior B no Torneio Stankovic na China, orientando a equipa principal no apuramento para Zimbabué onde venceram e treinador adjunto no Afrobaskett 2015 na Tunísia, Medalha de Prata.

Depois viajou até Libolo em três anos ganhou 3 Supertaças, 2 Taças de Angola, 1 Campeonato Nacional, uma Liga dos Campeões Africanos, e, entretanto, ao longo desse período houve várias tentativas para esse técnico regressar e orientar a selecção nacional e fazer um trabalho no basquetebol nacional, mas a Sportsmídia sabe que Mané é actualmente, o seleccionador nacional de basquetebol, e, está nesse cargo com muito orgulho e prazer de ser mais um a ajudar no crescimento dessa modalidade aqui no nosso país.

Hoje à noite Emanuel Trovoada que está em Madrid, foi assistir o jogo do Real Madrid na Euroliga, que o Edy Tavares actuava.

Com um técnico com este curriculum invejável, o nosso basquetebol, vai entrar de novo na senda das grandes conquistas.

SPORTSMÍDIA                 

Partilhar com amigos

Comentários

comentarios

Leave a Comment

(required)

(required)

19 − 18 =