Lydia Fortes presidente da ( ADESBA-CL )

Lydia Fortes presidente da ( ADESBA-CL )

Partilhar com amigos

O Desporto é neste momento um exemplo de integração e de afirmação da mulher.

Se o papel da mulher no desporto foi quase desvalorizado, portanto, é urgente eliminar o preconceito e a desigualdade de oportunidades entre o homem e a mulher no desporto.

Lydia Fortes, de 29 anos, sem qualquer tipo de receio e complexo, assumiu a presidência em Janeiro deste ano da Associação Desportiva do Bairro Craveiro Lopes ( ADESBA-CL), e,  motivo dessa candidatura foi a sua experiência no associativismo foi ( Presidente do Conselho Fiscal e Jurisdicional da Associação Regional de Basquetebol de Santiago Sul até 2017, membro da União de Estudantes Cabo-Verdianos em Lisboa-UECL, Núcleo de Estudantes Africanos -NEA ), e, também ela paixão ao desporto, por crescer e viver n Bairro Craveiro Lopes ( zona do desporto e d carnaval na Praia), foi atleta de basquetebol desde criança, mesmo antes de ingressar no Ensino Superior em Portugal, na Universidade Técnica de Lisboa, mais propriamente no Instituto Superior de Economia e Gestão, onde também praticava basquetebol nos torneios inter-Universidades.

De regresso à Cabo Verde, e após apoiar incondicionalmente o Bairro, enquanto torcedora e apoiar a modalidade acompanhando os treinos e jogos, foi incentivada para apresentar a sua candidatura, por amigos, família, namorado, antigos dirigentes, resolveu apresentar uma lista mista de jovens e pessoas já com uma certa experiência no dirigismo desportivo.

Essa jovem presidente está satisfeita, mas um pouco defraudada, porque tem sido muito difícil arranjar um patrocínio para conseguir sustentar as despesas no futebol e nas actividades do clube, contando por agora apenas com ajuda dos sócios e de alguns amigos do clube.

Lydia Fortes disse a Sportsmídia que a sua motivação é que a Associação Desportiva do  Bairro, para além da sua política desportiva, tem grandes objectivos sociais, ou seja, ajudando a reforçar a qualidade do desporto e a formar crianças e jovens, sem descurar as actividades de cariz social da associação, assim como cultural-recreativo e a formação profissional.

Abordando o tema formação, a Associação Desportiva do Bairro, sempre apostou e forte nela, pois, talvez seja o clube de Cabo Verde com maior número de atletas na Selecção Nacional de Basquetebol, os mais antigos Mário Xinó, Bana, Fefa, João Paulo, Marito ( actual Presidente da Federação Cabo-Verdiana de Basquetebol ), Braima, Ivan e Joel.

No futebol as grandes referências antigamente foram os irmãos Barros, Balão e companhia limitada, pois, numa altura a equipa do Boavista era formada por maior parte deles, entre outros, Kevin que foi para Portugal e Kuka que actualmente joga no Boavista e internacional cabo-verdiano.

Outra aposta dessa nova direcção é reforçar a formação, e, já foram introduzidos mais dois escalões de formação que não existiam na direcção anterior ( Sub-18 ) feminino e masculino no basquetebol, e, em Julho no próximo Verão, arranca com a escola de iniciação da modalidade dos 5 aos 17 anos.

Esta nova direcção do Bairro liderada pela Lydia Fortes aguarda apoios e parcerias, com o único propósito de formar homens e mulheres para o desporto e sociedade cabo-verdiana.

SPORTSMÍDIA

Partilhar com amigos

Comentários

comentarios

Leave a Comment

(required)

(required)

17 − 8 =