Jorge Lucas um apaixonado pelo culturismo

Jorge Lucas um apaixonado pelo culturismo

Partilhar com amigos

Jorge Lucas nasceu em São Vicente, no dia 22 de Março de 1955, idade 65 anos, filho de “Paráqueda” um amarantino convicto, hoje é aposentado do Banco Comercial do Atlântico (BCA), e, deixou de praticar há sete anos o culturismo, por falta de vontade de treinar.

Esse atleta começou no futebol, jogou na primeira equipa da Ribeira Bote, depois da sua fundação, com alguns jogadores da nossa praça, casos do Chonga, Arlindo, Titota, Gui, Rui Clara, Zeca Marino, Yú, Lulu, Ralão, entre outros.

Depois interessou-se pelo Karaté, mas chegou à conclusão que não sentia qualquer motivação por esta modalidade, por isso, era difícil continuar a praticá-la.

Jorge Lucas, disse ao Sportsmídia que via nas revistas o físico dos atletas que praticavam o Culturismo, começou a ser uma fã incondicional dessa modalidade, começando a treinar com o amigo Adriano, no seu terraço, com latas e barras feitas de ferro e cimento.

Um belo dia esse amigo, levou-lhe para o ginásio do então professor, Djô Borja, mas ele teve azar, ele não lhe permitiu treinar, porque o Adriano não lhe tinha avisado que ia levar um elemento novo para o seu ginásio.

Com insistência, o professor lá deixou o miúdo treinar, e, foram vinte e sete anos seguidos, a mostrar juntamente com outros colegas ( cerca de vinte) as suas perfomances, mesmo sem aquelas condições, casos de uma alimentação cuidada, usando apenas vitamina Viterra, leite, banana e farinha de soja.

Inserido no Grupo do Professor Djô Borja, praticou a Ginástica Aeróbica durante vinte anos.

Essa amizade entre Jorge Lucas e Djô Borja, permite-lhe dizer sem rodeios, que o professor para ele é um verdadeiro pai, ensinando-lhe a estar na vida e no desporto, que lhe deu muito, pois, ele trabalhou e se aposentou no BCA, graças a um pedido do professor, ao Comandante Pedro Pires, na altura primeiro-ministro, este por sua vez pediu ao Governador do Banco de Cabo Verde, na altura um emprego, que hoje tem o seu futuro garantido.

Esse culturista, participou em várias provas nacionais, na Praia ( onde numa ocasião a equipa do Djô Borja, conquistou todos os títulos nas categorias de peso-pesado, meio, médio e leve) e, em São Vicente, tendo conquistado o segundo lugar numa prova de exibição a sua grande marca, no Cine Eden Park.

Jorge Lucas por causa da diabete que só descobriu aos 53 anos, perdeu cerca de 42 quilos, o que lhe deixou ainda mais, sem vontade de treinar e de fazer aquilo que gostava, pois, treinava duas horas e meia, por dia no ginásio.

O Culturismo, é o uso progressivo de exercícios de treinamento resistido para controlar e desenvolver a musculatura de uma pessoa para fins estéticos. Um indivíduo que se envolve nessa actividade é chamado de culturista e Jorge Lucas é um apaixonado.

SPORTSMÍDIA

Partilhar com amigos

Comentários

comentarios

Attachment

Leave a Comment

(required)

(required)

eleven − 2 =