Jorge Lima adorava representar Cabo Verde num Campeonato do Mundo

Jorge Lima adorava representar Cabo Verde num Campeonato do Mundo

Partilhar com amigos

Jorge Elísio Sequeira Lima nasceu em Portugal no dia 27 de Julho de 1967, tem 53 anos de idade, filho de Eduardo Sousa Lima, professor Du e de Diamantina Sequeira Sousa Lima, é casado, licenciado em treino desportivo, trabalha na Câmara Municipal de Gavião, onde desempenha o cargo de Técnico Superior de Desporto.

Jogou no Clube Desportivo do Portalegrense onde iniciou a sua vida desportiva, onde praticou essa modalidade dos seis aos vinte e um anos, onde teve um interregno até aos trinta e dois anos, tendo actuado no Castelo de Vide, e, até aos trinta e oito, jogou no Grupo Desportivo da Urra e os Gavionenses, paralelamente, dos dezasseis as dezanove anos praticou o andebol, fruto da sua juventude jogava de manhã o andebol e à tarde futebol, sendo simpatizante do Sporting Clube de Portugal, mas Lima foi adiantando que o seu clube de coração, por ouvir tanto o pai falar é a Associação Académica do Mindelo.

O Sportsmídia sabe que neste momento, Jorge Lima pratica a natação, que aprendeu muito cedo, pois, o pai tinha essa especialidade, mas nunca na parte competitiva, visto que, foi sempre na parte de lazer, pois, nadava muitas horas na piscina de Portalegre, em barragens ou no mar.

Jorge Lima disse que dos quarenta e um aos quarenta e sete anos já foi praticante mais a sério, mas apenas pela saúde e bem estar nunca focado no resultado.

Dos quarenta e oito anos até a presente data, entrou muito a sério nessa modalidade (natação), federada, como forma de homenagear o seu pai o saudoso Professor Du, representando actualmente o Sporting Clube de Portugal, focando já na competição e nos bons resultados, sonhando com alto tendo conseguido ser campeão nacional, já em 2017, disputou o Open de Inverno foi terceiro classificado nos 100 m bruços, no Open de Verão, foi vice-campeão nacional 200m  e terceiro classificado nos 100m bruços. Já esteve no Campeonato do Mundo de Masters em Budapeste Hungria. Em 2018, foi campeão nacional no Open de Inverno nos 200m bruços e foi terceiro classificado nos 50 e 100 bruços, no Open de Verão foi vice-campeão nacional nos 200m e terceiro nos 100 m bruços. No ano seguinte em 2019 foi  no Open de Inverno foi vice-campeão nacional 200 m e terceiro classificado nos 100 m bruços, no Open de Verão foi vice-campeão de 200 bruços. Em Agosto desse ano esteve no Campeonato do Mundo, onde a sua melhor classificação foi o décimo segundo lugar nos 200m bruços. Já em 2020, Jorge Lima no Open de Inverno foi vice campeão nacional 200 m bruços, campeão na

Jorge Lima gostaria de ter a dupla nacionalidade, desejo que ele manifesta, em primeiro lugar para homenagear o pai, em segundo lugar com a sua experiência daria uma grande alegria ao povo de Cabo Verde, que ele nutre uma amizade incondicional, pois, adorava representar o país um grande evento internacional, num Mundial, pois, o Escalão Masters não existe nos Jogos Olímpicos.

 

 

Partilhar com amigos

Comentários

comentarios

Attachment

Leave a Comment

(required)

(required)

19 − 9 =