Jailson Oliveira actualmente o melhor ultramaratonista cabo-verdiano

Jailson Oliveira actualmente o melhor ultramaratonista cabo-verdiano

Partilhar com amigos

Jailson Manuel Duarte Oliveira natural de São Vicente nascido a 03/11/1983 tendo perdido o pai com 16 anos na tenra idade decidiu seguir a carreira militar como Sargento, e, foi onde entrou em contacto com exercícios físicos a um nível elevado.

Depois entrou em situação de disponibilidade, ou seja, quando saiu da tropa foi viver na ilha de São Nicolau ilha natal da sua querida mãe, começou a praticar o atletismo onde ganhou algumas provas e até representou a ilha de Chiquinho, sua ilha de coração num Campeonato Nacional, mas esse ultramaratonista não tinha nenhum plano de treino.

Tudo ficou mais sério e ciente que com muito trabalho era capaz de singrar nessa modalidade, quando deslcou a Portugal em 2015 com sua mãe que estava com sérios problemas cardío-vasculares, onde permaneceu dois anos, com as condições necessárias de treinamento ficou em forma e em 2016 começou a obter os resultados:

  • 1° C trail dos palácios 27 km 2016.
  • 1° C Trail del’Rei 16 km 2016, 1°C Trail da tapada Real 16 km 2016.
  • 1°C Trail noturno de Bucelas 16 km 2016.
  • 2° C Trail noturno Ericeira 15km 2016.
  • 2° C Trail Alcainça 22km 2016.
  •  Com os treinos começou a perceber que com mais kms nas pernas ele ficava mais forte e encontrava o seu ponto de equilíbrio (cardio-respiratória e ritmo de passada). Com os treinos podia permanecer por longos períodos de tempo correndo.
  • Hoje é um Ultramaratonista moldado na modalidade de Trail pela Brigada Ultras Sporting, pois, quando da sua passagem por Portugal onde subiu ao pódio inúmeras vezes sempre com o emblema dessa claque, que para ele passou a ser uma família.
  • No seu regresso a Cabo Verde em 2017 tentou participar na Boa Vista Ultramaratona tinha como patrocinador a Biosfera 1, teve azar, porque  não foi possível porque o Voo Praia/ Boa Vista, apesar deslocado, teve que regressar à capital, por alegada avaria técnica, mas continuou a treinar de forma determinada e ficou mais forte.
  •  O Sportsmídia sabe que em 2018 lá estava esse grande ultramaratonista, outra vez desta vez conseguiu dar o mote e liderou, à prova durante um determinado período, mas por um descuido aos 120 kms acabou por perder da trilha e tendo ficado à deriva no meio da noite e foi desclassificado.
  • Mas como a esperança é última a morrer e porque, e, como é ultra mesmo em 2019 com a ajuda dos Mindel Night Run & walk, Pier Scalamari, Marco Kattaneo,  e, todos acreditaram nele, lá estava outra vez disposto a terminar a prova.
  • Desta vez era para valer, dominou toda a prova de princípio ao fim e venceu com um tempo de 18h e 13 minutos, ficando a sua marca como 2° melhor tempo das 19 edições desta prova ficando a 5 minutos de bater o recorde da mesma que pertence a um espanhol (18h e 08′ minutos).
  • Jailson Oliveira estava pronto para representar Cabo Verde, o seu grande sonho, em provas internacionais, mas foram canceladas por causa da Covid-19, mas está muito optimista, visto que, é a capacidade de superar obstáculos que define um Ultramaratonista.
  • Prova disso, é que esse ultramaratonista, está à procura de patrocínios para participar no Triangle Trail, UTSA 120 km.

SPORTSMÍDIA

Partilhar com amigos

Comentários

comentarios

Attachment

Leave a Comment

(required)

(required)

1 × 2 =