Hélio Sanches renuncia Seleção Nacional de Voley

Partilhar com amigos

Hélio Sanches (5) concentrado na vitória sobre o Senegal                                                                      Foto: Marcos Fonseca

O central Hélio Sanches atualmente no Sporting de Espinho, clube pelo foi ele determinante para a conquistou da Taça de Portugal 2017, anunciou na sua conta no Facebook que não joga mais pela Seleção Nacional.

O Tubarão Voador disse ter pensado muito, ponderado, mas que infelizmente chegou a conclusão que não há mais condição para ele permanecer. “Estão muitas coisas erradas, está-se a formar uma ideia errada do voleibol nacional”, escreveu o atleta que também reconhece tudo de bom que a Seleção lhe proporcionou.

Hélio estreiou pela Seleção Nacional, no dia 4 de julho de 2013, na vitória por 3 a 0 sobre Serra Leoa no Pavilhão Vavá Duarte na Capital. Dois dias depois ajudou Cabo Verde a conseguir mais uma vitória, a primeira contra o Senegal que era a potência da sub-região que valeu o título de Campeão da Zona II na Fase de Apuramento para o Mundial, Polónia 2014.

No ano seguinte, sempre envergando a camisola 5, representou a Bandeira Nacional na Fase de Continental, também de apuramento para o Mundial da Polónia 2014, competição realizada no Quênia.

Em 2015, voltou a competir, desta vez nos Jogos Africanos, no Congo Brazaville, desde esta data a seleção masculina não entrou em campo.

Irmão do também internacional cabo-verdiano Isaías Sanches, Hélio que é natural de Santiago começou a jogar pela Escola Cesaltina Ramos, depois passou pelo Boavista, até consagrar-se como o número da sua posição no País, ao serviço do Inter Clube, antes de ir para Portugal representar o Castelo da Maia.

Partilhar com amigos

Comentários

comentarios

Attachment

Leave a Comment

(required)

(required)

four × four =