Primeira convocatória da Seleção de Cabo Verde completa 42 anos

Partilhar com amigos

A primeira convocatória da Seleção da República de Cabo Verde foi divulgada pelo extinto jornal Voz di Povo há quarenta e dois anos. Foi na edição de 22 de Abril de 1978.

A equipa técnica era formada por José Antunes (Tóka), José Resende (Djidjé) e Eduíno Lima escolheu os seguintes atletas das seguintes ilhas:

Santiago: Quim, Évora, Djudjú, Branco, Ima e Zé di Nhana (Sporting da Praia); Rubóm, Flávio e Dimas (Travadores), Djoi di Mamã e Makuna (Académica); Balão (Bovista), Djedjé (Desportivo da Praia) e Betinho (Assomada).

São Vicente: Faba, Cadino, Gustavo, Dani, Mané Djodje, Jôm de Lola e Almara (Mindelense), Armandin e Calú Pitão (Académica do Mindelo).

Sal: Djô de Pedra de Lume e Cai (Académica do Sal)

Fogo: Nelo (Botafogo)

Depois de um estágio em Tarrafal de Santiago e alguns treinos na Capital, saiu o grupo que teve a missão de representar a recém criada República de Cabo Verde no seu compromisso internacional, a Taça Amizade, na Guiné Bissau.

A estreia foi diante de uma das potências continentais da época, a vice-campeã da Copa de África das Nações de 1976, Guiné Conakry. Cabo Verde entrou em campo com: Djô de Pedra de Lume (Gr); Dani, Mané Djodje, Flávio e Djudjú; Branco, Makuna, Djoi di Mamã e Cadino; Armandin e Zé di Nhana.

A Seleção Nacional perdeu por 1 a 0, resultado que teve influência da arbitragem de acordo com o defesa central Flávio que contou que foi anulado um grande golo ao avançado Zé di Nhana, o que levou a interrupção da partida por alguns minutos.

No jogo seguinte, nova derrota, agora por 2 a 1 diante dos donos da casa, Guiné Bissau, partida em que Daniel Ferreira (Branco) entrou para a história como o autor do primeiro golo da Seleção Nacional.

SPORTSMÍDIA

Partilhar com amigos

Attachment

Leave a Comment

(required)

(required)

fifteen + one =