Perda de confiança ditou a destituição da F.C.F

Partilhar com amigos

O ex-Presidente da F.C.F, contactado por e-mail por SportsMídia para reagir ao resultado da Assembleia Geral Extraordinária de ontem (19) na Capital e que resultou na sua saída do cargo, disse ter entendido que houve perda de confiança das Associações na sua equipa.

Victor Osório explica que esse entendimento foi motivado pelo facto dos presidentes das Associações terem mandado o advogado Armindo Gomes falar por eles e não intervirem no primeiro ponto da ordem de trabalho que era análise da situação do futebol nacional.

Ainda segundo Osório, na sequência submeteram a mesa o pedido de eleições imediatas a serem marcadas a partir de 5 de setembro para salvaguardar o duplo compromisso com a África do Sul válido pelo apuramento para o Mundial.

“Dissemos que não seríamos candidatos, a proposta foi chumbada e as Associações submeteram a voto a destituição imediata da F.C.F”, afirma.

 

Leia na íntegra a resposta do ex-Presidente F.C.F, Victor Osório

Na AG [Assembleia Geral] extra de ontem (19), em função daquilo que foram as explanações das 9 ARF [Associações Regionais de Futebol], através do representante comum, o advogado Armindo Gomes (os Presidentes dessas ARF mandaram esse advogado para nessa AG falar por eles e não intervieram em relação ao 1º ponto da ordem de trabalho), entendei que havia perda de confiança na nossa equipa e submetemos à mesa o pedido de eleições imediatas a serem marcadas a partir do dia 5 de Setembro de 2017, isso para salvaguardar o duplo jogo internacional com África do Sul; dissemos mais: que nessas eleições não seríamos candidatos e que íamos embora, mas que essa proposta para entrar em vigor a 5 setembro era para salvaguardar tudo o que já está feito e por fazer para esses 2 jogos.

As 9 ARF submeteram isso a voto e chumbaram esse nosso pedido e submeteram a voto a destituição imediata da FCF. E, fomos (todos os órgãos da FCF) destituídos por 9 votos (Santo Antão Norte, São Vicente, Boa Vista, São Nicolau, Maio, Santiago Sul, Santiago Norte, Fogo e Brava).

Foram feitas muitas acusações graves por parte do Sr. Armindo Gomes, como representante dessas 9 ARF, mas as que mais preocupantes foram as seguintes:

  1. “O jogo em São Nicolau não se realizou porque o povo de Tarrafal não quis e os pescadores de Tarrafal já estavam com facas a amolar para o que desse e vieses e estavam prontos para o tumulto”.

  1. “Que o antigo Secretário Geral Adilson Gonçalves demitido é filho do Juiz e eu Victor Osório escolhi a pessoa errada para meter”.

Estas e outras questões estão na Acta da Assembleia Geral

Victor Osório

Partilhar com amigos

Comentários

comentarios

Attachment

Leave a Comment

(required)

(required)

6 + 18 =