Cabo Verde qualificava para os quartos-de-final da CAN, há sete anos

Partilhar com amigos

Os Tubarões Azuis derrotaram Angola por 2 a 1, e qualificavam para os quartos-de-final da Copa de África das Nações que decorreu na África do Sul.

Ao intervalo os angolanos venciam por 1 a 0. No minuto 33, o capitão cabo-verdiano Nando foi infeliz, ao tentar um corte introduziu a bola na baliza de Vozinha.

O golo trouxe mais emoção a partida. Os Tubarões precisavam reverter o marcador, pois vinham de dois empates e só a vitória interessava.

A nove minutos do fim, na sequência de um canto, Gegé desviou a bola de um defesa angolano que tentou cortar e Fernando Varela na boca da baliza deu o toque final para o 1 a 1.

A virada veio no primeiro minuto do tempo de compensação. Ryan saiu em contra ataque, abriu para Rambé que cruzou. O guarda-redes Lamá, deixou a bola escapar e apareceu o inevitável Nhuck a rematar para o fundo das redes e a fazer o golo da passagem de fase.

O tento levou ao delírio, cabo-verdianos espalhados pelo mundo que saíram as ruas e recorreram as redes sociais para expressarem o orgulho de pertencerem a estes dez grãozinhos de terra.

Sob o comando de Lúcio Antunes, Cabo Verde jogou com:

1 – Vozinha (Gr); 14 – Gêge (9 – Rambé, 87′), 3 – Fernando Varela, 6 – Nando [Cap] e 23 – Carlitos; 7 – Platini (10 – Nhuck, 46′), 15 – Marco Soares, 8 – Toni Varela (21 – Djanini, 46′) e 5 – Babanco; 11 – Júlio e 20 – Ryan

Não Utilizados: 12 – Fock (Gr), 16 – Rilly (Gr), 2 – Sténio, 4 – Guy Ramos, 13 – Josimar, 18 – Tax, 19 – Pecks e 22 – David Silva

 

 

Partilhar com amigos

Comentários

comentarios

Attachment

Leave a Comment

(required)

(required)

4 + 15 =