Atlético de São Nicolau comemora quarenta e dois anos

Partilhar com amigos

Equipa inicial do Atlético na finalíssima do Nacional 2012                                                          Foto: Marcos Fonseca

Completa ontem (09) quarenta e dois anos que um grupo de jovens, entre  Américo Nascimento, Leão Brito e José António do Rosário fundou o Sport Club Atlético de São Nicolau.

A equipa surgiu motivada para impulsionar o futebol na ilha que na época estava em declínio. Cresceu, ganhou onze campeonatos regionais e hoje é um dos principais clubes de Cabo Verde.

Participou em onze nacionais e realizou cinquenta jogos — 21 vitórias, 10 empates, 19 derrotas. Marcou sessenta e um golos e sofreu cinquenta e oito.

A estreia no Campeonato Nacional aconteceu no dia 04 de setembro de 1983 com vitória sobre o Santa Maria do Sal na Chãnzinha, por 3 a 1 com três golos de Aguinaldo. A equipa dirigida por António Rodrigues Gomes, jogou com:

Tchusk (Gr); João Eugénio, Bonze, Toi de Cushe e Viegas (Fernando Jorge, 71′); Piduca, Aguinaldo e Dinotcha; Zé de Djindge, Armindo e Zé Cabral.

Não foram utilizados: Chénhe, Bita, Denha Mariano e Chilly

Quatro anos mais tarde escrevia seu nome na história como o primeiro clube de São Nicolau finalista do Nacional.

Eliminou o Derby — 1

Em 94 fez uma época marcante, não sofreu nenhum golo nas provas regionais, seu guarda-redes Diamantino só viu a bola no fundo das suas redes na primeira mão da final do Nacional, no Estádio da Várzea, quando perdeu por 2 a 1 com o Travadores.

Sete dias depois, desta vez na Chãnzinha voltou a perder, agora por 2 a 0. Pela primeira vez ficou em segundo lugar no Nacional.

A equipa voltaria ao Top, em 2012 quando fez a melhor campanha e foi Vice-Campeão Nacional, invicto e só não marcou num único jogo. Foi traído por um golo que sofreu em casa na primeira mão da final contra o Sporting da Praia.

Seu jogador Gerson foi o craque do Campeonato, Melhor Marcador com treze golos e Melhor Jogador. Já o técnico Alberto Teixeira (Betinho) foi injustiçado ao não ser distinguido como o Melhor Treinador do País. Foi o que melhor aproveitamento teve — 9 Jogos, sete vitórias e dois empates.

Em 2000, o Atlético foi a Holanda vencer o Torneio da Liga de Clubes Cabo-verdianos, onde também participaram Santa Maria do Sal, Botafogo do Fogo e Académico 83 do Maio.

Pelo clube já passaram muitos ilustres atleticanos, como Doca, Manai, Rui Faria, Tchilim, Vavá, Tchemôd, Victor, Mathauss, Mantino, entre outros.

Partilhar com amigos

Comentários

comentarios

Attachment

Leave a Comment

(required)

(required)

1 + 7 =