Djack o homem que marcou um dos golos mais rápidos de um Campeonato Nacional de Futebol, é aniversariante hoje

Djack o homem que marcou um dos golos mais rápidos de um Campeonato Nacional de Futebol, é aniversariante hoje

Partilhar com amigos

No dia 1 de Dezembro de 1947, nascia no Bairro do Brasil na Achada de Santo António, na Praia, um ser do sexo masculino, a que foi posto Joaquim Rodrigues, no meio futebolístico conhecido por Djack do Sporting, um exímio ponta de lança, o avançado que marcou o golo mais rápido num Campeonato Nacional de Futebol aos sete segundos contra o Mindelense, tendo marcado várias gerações de futebolistas.

Um goleador nato, um dos melhores jogadores cabo-verdianos, representou oficialmente apenas o Sporting Clube da Praia, durante 21 anos, dos 15 aos 36 anos, tendo sido inscrito no ano de 1963, e, terminou a longa carreira no ano de 1984, tendo conquistado 14 campeonatos de Santiago e cinco troféus de melhor marcador de Santiago.

Djack devido a sua classe como jogador (na foto com um monstro do futebol mundial) e o seu faro de golo, foi chamado para reforçar Os Travadores num jogo frente a Académica do Mindelo e pela Académica da Praia defrontando a equipa portuguesa do União de Coimbra de Portugal.

Esse grande ponta de lança, um dos melhores de Cabo Verde, que foi treinado por exemplo por Toca e Manuna, o Sportsmídia sabe que foi chamado várias vezes para representar a Seleção de Santiago (inauguração do Estádio da Várzea, Selecção da Guiné Conakry e Abraço de Portugal, e, de Cabo Verde (Selecção da Guiné Bissau e F. C. do Porto de Portugal).

Como treinador, foi vencedor do Torneio 1º de Maio na Ilha do Fogo com a Seleção de Santiago e a equipa do Prédio, promovida sob o seu comando à 1ª Divisão de Santiago.

Djack, jogou segundo alguns antigos futebolistas, na melhor equipa de subúrbio da capital cabo-verdiana, o Santos juntamente com Luís Bastos, Oscar Duarte, Djudja, Joca, entre outros, também jogou no Braga da Várzea com Zé di Nhana e Djoy de mama.

Orlando Mascarenhas é uma pessoa que conhece muito bem o Djack, dizendo que ele era um grande rematador e  marcador, jogou a médio e a avançado e marcou muitos golos na sua carreira desportiva, e, que até poderia ter ido para o Sporting Clube de Portugal, pois, foi convidado no ano de 1968, mas, porque tinha que sustentar a família, preferiu declinar o convite.

Para esse dirigente desportivo, como atleta e desportista, DJACK foi, sem dúvida, uma glória do desporto nacional e um dos melhores futebolistas de Cabo Verde, de todos os tempos.

A Sports Mídia deseja ao Djack, parabéns e muitas felicidades e que este dia se repita, por longos e felizes anos.

SPORTSMÍDIA  

 

Partilhar com amigos

Comentários

comentarios

Attachment

Leave a Comment

(required)

(required)

two × one =