Campeonato Nacional de Boxe

Campeonato Nacional de Boxe

Partilhar com amigos

O Campeonato Nacional de Boxe terminou ontem à noite no Pavilhão VáVá Duarte, e, as regiões desportivas de Santiago Sul e São Vicente foram os grandes vencedores em masculino e feminino da prova máxima dessa modalidade em Cabo Verde .

Uma prova que foi disputada durante três dias e que envolveu cerca de 80 atletas em representação das regiões desportivas de Santiago Norte, Santiago Sul, Sal, São Vicente, nos mais diversas escalões, e segundo a opinião dos entendidos na matéria foi uma competição de muito bom nível.

O Sportsmídia apresenta os grandes vencedores:

Lizito Fernandes, de Santiago Sul, venceu a prova dos 51 quilogramas (kg) com KO técnico, Leniker Fernandes, de Santiago Norte, e venceu o título nacional dos 52 kg.

Cintia Dias, de Santiago Sul, sagrou-se campeã nacional nos 57/64 kg femininos.

Mário Monteiro, de Santiago Sul, campeão nos 63 kgs.

Em feminino:

Wilmara Gomes sagrou-se campeão nacional juniores femininos 51 kg.

Elisângela Gomes, de Santiago Norte, conquistou o título nacional nos 64 kg.

Carlina Fortes, de São Vicente, venceu a prova nacional dos 75/81 kg.

O internacional cabo-verdiano Cifo Nelo Borges manteve o título nacional nos 81 kg com um KO técnico logo no primeiro assalto, ante Walter Pires, de São Vicente.

Nos 69 kg, Arsénio do Rosário, de São Vicente, conquistou o título de Campeão Cabo Verde.

Mário Jardel (Sal), nos 75 kg, Gelson Semedo, do Sal, nos 91 kg e do atleta olímpico Davilson Morais (São Vicente) em +91 kg, foram os grandes vencedores.

No geral, Santiago Sul foi campeão masculino, São Vicente campeão nacional feminino e a Taça Fair Play foi conquistada pela Região Desportiva do Sal.

Em termos individuais:

Cintia Dias Santiago Sul foi considerada a melhor Atleta Feminina.

David de Pina, de Santiago Norte, o Melhor Atleta Masculino.

Adilson Varela (Santiago Sul) Melhor Treinador.

Jailson Semedo Melhor Árbitro.

Elisiane Santos de 23 anos, venceu o terceiro título de Campeã Nacional consecutivo e manteve São Vicente no top na sua categoria.

O presidente da Federação Cabo-Verdiana de Boxe Flávio Furtado disse no final, que gostou, principalmente, da técnica dos atletas que competiram nos pesos mais baixos 52 a 69 Kgs e que os mais pesados precisam de trabalhar mais.

SPORTSMÍDIA

Partilhar com amigos

Comentários

comentarios

Attachment

Leave a Comment

(required)

(required)

ten + four =