A Professora Maria Eduarda Vasconcelos que inspirava os seus alunos, é aniversariante hoje

A Professora Maria Eduarda Vasconcelos que inspirava os seus alunos, é aniversariante hoje

Partilhar com amigos

No dia 23 de Outubro de 1952 nascia na ilha de São Vicente, Cidade do Mindelo, um ser do sexo feminino a quem foi posto o nome de Maria Eduarda Almeida, mais tarde casou-se e ficou definitivamente conhecida pela Professora Eduarda Vasconcelos, portanto, completou hoje 68 anos de idade.

O pai era funcionário público, foi grande jogador de futebol e tendo ido jogar futebol na ex-Guiné Portuguesa, no Sporting de Bissau e trabalhar numa empresa petrolífera.

A professora Eduarda Vasconcelos, faz a classe primária em Bissau, mas sempre com saudades, apesar de estar bem integrada na sociedade guineense.

Os seus estudos secundários, já foram diferentes, pois, estudou em Bissau e em Mindelo.

Concluiu os estudos liceais, e, rumou para Portugal (Outubro de 1970), e, só regressou em 1974, já licenciada em Educação Física Ex-INEF.

Eduarda Vasconcelos foi professora de Educação Física no Liceu Gil Eanes e depois na Escola Industrial e Comercial do Mindelo até 2008, ano que se aposentou, com um vasto e rico curriculum.

Também diplomada com o complemento de licenciatura em Organização e Gestão Desportiva, na Universidade do Porto em 1998.

Fundadora do Grupo Mindelgina e entusiasta do nosso Portal de Desporto de Cabo Verde- Sportsmídia.

Faz parte da Academia Olímpica do Comité Olímpico Cabo-Verdiano.

Foi nomeada Embaixadora em 2018 da CPLP, juntamente com Márcio Fernandes.

A professora Eduarda Vasconcelos gostava da música, por isso, veio a abraçar a ginástica rítmica, tendo sido implementada em Cabo Verde, com a estreita colaboração com a sua amiga a professora Manuela Vieira, tendo essa modalidade ganha a sua personalidade jurídica em 1988.

A Márcia Lopes que brilhou na modalidade de ginástica rítmica, agora estuda em Portugal, tendo estado em dois Campeonatos do Mundo em Pescara-Itália e Baku-Azerbaijão, várias vezes campeã nacional, medalha de ouro nas Canárias, define a professora Eduarda como uma pessoa que é muito voltada para a integração, pois, com ela ninguém fica de fora. Impõe e assusta, mas que ao mesmo tempo está sempre a brincar com elas. A sua maior virtude segundo essa campeã, é determinação-muitas vezes confundida com a teimosia, pois, a professora dá o máximo de si, para que, as coisas aconteçam.

Márcia Lopes reconhece que a professora Eduarda Vasconcelos é uma figura autoritária, a sua mera presença já altera o estado de espírito das ginastas, mas ao mesmo tempo procura brincar para nos descontrair, pois, impõe respeito, mas não amedronta ninguém.

Outra aluna que teve essa docente como professora de ginástica, Magali Lima define a Eduarda Vasconcelos, como uma excelente profissional, meiga e atenciosa, que cativa os seus alunos, para serem cada vez melhores.

A Sóni de Pina Gomes jogadora da equipa do Mindelense futebol feminino, disse que ela não era a sua professora, mas acompanhou-os para os Jogos Escolares na Cidade da Praia, admirando nela o respeito que impunha no seio do grupo.

Dorisa Sança foi sua aluna, desde de França, disse que a professora Eduarda Vasconcelos, era uma excelente professora, amiga e dedicada à profissão. Instada a pronunciar qual era a sua maior virtude, disse serena e meiga.

O Sportsmídia deseja a professora Maria Eduarda Almeida Vasconcelos as maiores felicidades, e, que este dia se repita por longos e felizes anos, que ela continua a dinamizar essa modalidade de ginástica rítmica e a descobrir talentos, para o bem de São Vicente em particular e Cabo Verde no geral.

SPORTSMÍDIA

    

Partilhar com amigos

Comentários

comentarios

Attachment

Leave a Comment

(required)

(required)

3 × four =